domingo, 27 de abril de 2008

O Barquinho e o Pato


Assisti hoje na TV a cabo o programa TNT + Filmes. O tema era o Japão e, entre outras coisas, apareceu a Fernanda Takai do Pato Fu dando depoimentos sobre sua viagem ao país e alguns filmes que ela viu antes de ir e já lá. Ela dizia que gostou muito de "Encontros e Desencontros" e que viu "Diário de uma Gueixa" em Tóquio.

Em um momento da entrevista, ela disse que o clipe "Made in Japan" do Pato Fu ganhou um prêmio de melhor uso da estética japonesa dos últimos dez anos. Não sei se é bem isso, algum fã me confirme nos comentários, por favor.

Pois bem, fui procurar a informação do Google para trazer a vocês e não achei, mas achei algo bem interessante para quem está estudando japonês.

Nesse vídeo, Fernanda canta "O Barquinho", clássico da Bossa Nova de Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli, em japonês.

Achei muito legal e fui procurar a letra. Não achei exatamente a versão cantada no vídeo, mas achei uma tradução para o japonês. De quebra, você leva um trecho da música cantado por Nara Leão.

Eu acho que a Fernanda leva bem a sério essa história de ser sansei: faz clipe japonês para suas músicas e canta em japonês nossos clássicos. Manda bem demais!

Hoje nos comentários eu não vou colocar vocabulário, mas uma curiosidade sobre o Pato Fu e eu.

Abraços!

Um comentário:

Tatau disse...

Eu conheci o pessoal do Pato Fu!!

Até outro dia eu tinha um autógrafo numa gaveta aqui de casa. Talvez ainda esteja por lá.

Era por volta de 97 e eu fui tocar com minha banda num programa local daqui de Brasília, "A Cor da Cidade". A gente dividiu o camarim, mas eu era moleque e, intimidado pela presença deles, não consegui pensar em nada inteligente para dizer.

Pedi um autógrafo e fiquei lá sentado, me achando famoso...

Hoje eu não toco mais nada, mas acho que valeu a experiência.